Envie para um amigo

Como será a relação com a casa pós-pandemia?

Muito tem se falado nos últimos meses sobre a intensidade do uso da casa devido ao isolamento social causado pela pandemia. Assim, muitas pessoas têm ressignificado espaços em suas casas, entendendo como usá-los da melhor forma e enxergando a necessidade de novos ambientes.

doccores1

 

A pandemia do coronavírus pegou o mundo todo de surpresa, fazendo com que a população tivesse que se adaptar a novos hábitos.

Àqueles que conseguiram trabalhar de casa durante a quarentena, acabaram por passar praticamente 100% do tempo confinados, experienciando intensamente os ambientes de seus lares.

Assim, essas pessoas descobriram novas possibilidades dentro dos espaços, assim como necessidades que antes não existiam, como por exemplo a do uso de um Hall de entrada, espaço na entrada das residências onde os moradores podem higienizar seus sapatos antes de entrarem em casa, deixar seus pertences que vieram da rua e criar uma barreira higiênica em suas casas.

A necessidade de um espaço de trabalho, conhecido como home office, também veio com intensidade, pois as pessoas trabalhando de casa identificaram a necessidade de um espaço ergonômico e confortável para garantir a produtividade, mesmo em casa.

Mais um exemplo disso é a necessidade da higienização de alimentos e superfícies, que se tornou mais do que um hábito interessante, mas essencial, então os consumidores passaram a buscar soluções que facilitassem esse trabalho, como a DocolOzônio, monocomando que agrega Ozônio à água e elimina 99% das bactérias, 75% dos agrotóxicos e ainda odores indesejados.

Em live no perfil do Instagram da Docol, o arquiteto Romero Duarte, fala mais sobre o tema. A live completa ‘’Revendo a relação com a Casa’’ oferecida pela Docol com o arquiteto  está disponível em nosso IGTV no perfil @docoloficial.

 

Deixe um comentário